quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O Vínculo Entre Cães e Seus Tutores é Bem Parecida Com a Relação Entre Pais e Filhos


Um novo estudo realizado na Áustria descobriu que os humanos amam seus cachorros como se fossem seus filhos. Muitas pessoas afirmam amar seus cachorros como se fossem seus filhos. Se você também pensa dessa maneira vai gostar de saber que está certo!


Um novo estudo mostrou que o vínculo afetivo entre cães e seus tutores é muito parecida com a relação entre os humanos e seus filhos.
Cachorros domésticos se relacionam com os humanos há mais de 15 mil anos e eles se adaptaram muito bem a viverem com pessoas.
Os pesquisadores da University of Veterinary Medicine, em Viena, examinaram o “efeito de base de proteção”, que é um elemento chave entre crianças e seus pais, e nunca havia sido estudado na relação entre cães e seus tutores.
Esse efeito é quando a criança vê seus pais como a base de segurança na interação com o ambiente ao seu redor.
Para realizar o estudo, os pesquisadores examinaram as reações dos cachorros em três situações: quando seu tutor estava ausente, em silêncio e  incentivando.
Os cães recebiam um petisco como recompensa por interagirem com brinquedos.
O interesse em trabalhar por comida parecia menor quando seus tutores não estavam perto.
Mas não houve diferença na motivação dos cães quando seus donos incentivavam a brincadeira ou ficavam por perto em silêncio.


O experimento seguinte foi feito com uma pessoa desconhecida para os cachorros. Os cientistas perceberam que os cães mal interagiram com os estranhos e que o interesse pelo petisco de recompensa foi o mesmo de quando ficavam sozinhos.
O resultado foi que a motivação dos cachorros só existiu quando seus tutores estavam com eles. Com isso, os cientistas concluíram que a presença dos tutores é importante para que o cão se comporte de maneira mais confiante.

Referência: Daily Mail UK
Escrito por Karina Sakita
Jornalista do Portal do Dog
Fonte: www.portaldodog.com.br

AMO PATINHAS

Um comentário:

Kaka Stelê disse...

Verdade! é um amor tão grande,gostei muito de saber desse estudo.

Paula Parabéns pelo blog =)
Um Super Abraço
Estrela,Flores...Melancia